Luiz Ruffato

São Paulo - SP

O Brasil ocupa o quinto lugar entre os países com maior número de feminicídios – são três mulheres assassinadas por dia, uma a cada sete horas
Iara Machado Pinheiro

São Paulo - SP

Publicado há 65 anos, o breve romance "Pedro Páramo" segue impactando leitores com sua linguagem árida e narrativa enigmática
Miguel Sanches Neto

Ponta Grossa - PR

Como todo romance que se quer histórico, "Um dia chegarei a Sagres", de Nélida Piñon, está estruturalmente contaminado pelos valores atuais
João Cezar de Castro Rocha

Rio de Janeiro - RJ

A guerra cultural voltará com força total, assim como novas tentativas golpistas: não há alternativa ao bolsonarismo dado o fracasso do governo Bolsonaro

Publicidade

Rascunho

Curitiba - PR

Primeiro volume da série de graphic novels baseada no livro de Frank Herbert é assinado por Brian Herbert, filho do autor, e Kevin J. Anderson
Rascunho

Curitiba - PR

“Amor de perdição”, clássico da literatura portuguesa publicado originalmente em 1862, ganha versão adaptada para o português moderno
Rascunho

Curitiba - PR

Produzido pela Netflix, longa será dirigido pelo americano Noah Baumbach e contará com os atores Adam Driver e Greta Gerwig no elenco
Rascunho

Curitiba - PR

Com transmissões pelas redes sociais, bate-papos reúnem nomes do cenário artístico e educacional para discutir temas como educação e pensamento livre
Mariana Ianelli

São Paulo - SP

Que espécie de estranho evento pôs outros olhos nos teus e veio enlouquecer teus sentidos, tua história, tua memória?
Carolina Vigna

São Paulo - SP

A minha vida, pelo menos, faz mais sentido se contada pelas quedas. Pelas vitórias seria uma história muito curta
Victor Simião

Maringá - PR

Consagrado no romance histórico, Mario Vargas Llosa retorna ao gênero em "Tempos ásperos" para abordar golpes militares na Guatemala do século 20
Luiz Paulo Faccioli

Porto Alegre - RS

Nas quase mil páginas da Trilogia da planície, Kent Haruf tira os Estados Unidos do pedestal ao explorar profundos dramas humanos na fictícia cidade de Holt
Haron Gamal

Rio de Janeiro - RJ

"As sobras de ontem", primeiro romance de Marcelo Vicintin, não convence ao tentar dar vida a um figurão do ramo empresarial no Brasil contemporâneo
Ana Luiza Rigueto

Rio de Janeiro - RJ

"Ova completa", da argentina Susana Thénon, é um livro de poemas repleto de ironia e crítica à autoridade e a convenções sociais que perpetuam opressões
Cristiano de Sales

Curitiba - PR

"Solo para vialejo", de Cida Pedrosa, premiado em duas categorias no Jabuti 2020, propõe uma travessia por paisagens poético-musicais
Rascunho

Curitiba - PR

Otávio Júnior: "Existe? Já escrevi debaixo de muito tiro, granada. Olha que moro no Rio de Janeiro, e não em Bagdá."

Apoie o Rascunho

Faça sua assinatura a partir de
R$ 7,90 por mês
  • Conteúdo inédito
  • Acesso ilimitado

Publicidade

Rafael Zacca

Rio de Janeiro - RJ

Em novo livro, repleto de “musicalidade”, Angélica Freitas, que vive na Alemanha, não perde de vista os problemas sociais e políticos que assolam o Brasil
Gisele Eberspächer

Curitiba - PR

Autora do primeiro livro escrito em árabe a vencer o The International Booker Prize, Jokha Alharthi acredita na potência transformadora da boa literatura
Márwio Câmara

Rio de Janeiro - RJ

O mineiro Ronaldo Cagiano revê seus mais de 30 anos de vida literária e fala sobre o recente “Cartografia do abismo”, que marca seu retorno à poesia
Victor Simião

Maringá - PR

O cientista político Sérgio Abranches fala sobre seu mais recente livro, “O tempo dos governantes incidentais”, em que analisa a ascensão e queda da extrema direita no mundo

Publicidade

Faustino Rodrigues

Belo Horizonte - MG

"O corpo interminável", de Claudia Lage, evoca a angústia e o mistério que permearam a ditadura militar — e ainda ecoam
Wiebke Augustin

Homenagem ao centenário do escritor carioca José Mauro de Vasconcelos, cuja trilogia autobiográfica está sendo traduzida para o alemão
Maurício Melo Junior

Brasília - DF

No romance "História de Joia", Guilherme Gontijo Flores se vale da distopia para refletir sobre a desigualdade social
Matheus Lopes Quirino

São Paulo – SP

Na fábula "A mercadoria mais preciosa", Jean-Claude Grumberg mostra a importância do amor em meio ao Holocausto
Samantha Abreu

Londrina - PR

Leia os poemas "Sobre a ordem dos mícrones", "Babilônia" e "As rezas que inauguram o dia"
Maria Aparecida Barbosa

Florianópolis - SC

Leia os poemas traduzidos "O negro do teatro de variedades", "Os canários" e "Submundo"
Gabriel Amaral

Salvador - BA

Leia os poemas "A emoção do palco", "Casa de Jorge Amado" e "A descoberta da escrita"
Natália Agra

São Paulo - SP

Leia os poemas "Mesteños", "Facebook (realismo capitalista)" e "Uma caneca de café num dia para se guardar na memória"

Publicidade

Rascunho

Curitiba - PR

Prisca Agustoni: "A possibilidade de me livrar de qualquer amarra, para experimentar aquela forma de liberdade ou estado de suspensão que é única."
Rascunho

Curitiba - PR

Carlos Herculano Lopes: "A pressa para publicar, ser reconhecido, receber aplausos. Trabalhei mais de 40 anos no jornalismo, e sei muito bem como é isso"
Rascunho

Curitiba - PR

Raphael Montes: "Sou um hedonista, apaixonado pelas coisas boas da vida. E tem muitas histórias que quero contar"
Rascunho

Curitiba - PR

Fabrício Carpinejar: "De manhã cedo, enquanto não falo com ninguém, não fui contaminado pela irritação dos outros."
Rascunho

Curitiba - PR

O novo livro do curitibano põe fim à trilogia iniciada há oito anos com Poeira fria e continuada em Esquina da minha rua
Rascunho

Curitiba - PR

Os medos e depressões dos novos tempos são escancarados no romance de Jéferson Assumção
Rascunho

Curitiba - PR

Em seu quinto livro de poemas, o autor carioca constrói um conjunto que dialoga com o cânone literário e outras linguagens
Rascunho

Curitiba - PR

O que fazer quando a realidade parece superar a ficção? Tendo a dicção única de João Guimarães Rosa como referência, o autor reconta a fábula dos Três Porquinhos

Publicidade

Paiol Literário

Curitiba - PR

Ruy Castro abriu a temporada 2018 do projeto Paiol Literário
Paiol Literário

Curitiba - PR

“Nossa sociedade — tão egoísta, tão cheia de limitações — melhoraria muito se as pessoas lessem ficção.”
Paiol Literário

Curitiba - PR

“Não demos conta de produzir uma educação questionadora da nossa própria capacidade de ser/estar uns com os outros.”
Paiol Literário

Curitiba - PR

“Tenho plena convicção de que as pessoas têm que ler para se construir. Para ser gente.”