Claudia Nina

Claudia Nina

Rio de Janeiro - RJ

O ar, que está cheio de tristeza, é o mesmo por onde voa a frágil esperança. O grande desafio é ter força para abrir a janela e deixar que ela pouse
Claudia Nina

Rio de Janeiro - RJ

É difícil ler o texto de alguém tão próximo. Pode ser ameaçador. Essa leitura é também um ato de coragem
Claudia Nina

Rio de Janeiro - RJ

A incapacidade de não aglomerar, abraçar, beijar, apertar mãos e corpos me faz pensar que nos falta o aprendizado da solidão
Claudia Nina

Rio de Janeiro - RJ

A culpa é dos cristais e de seu magnetismo profundo: esta explicação pode justificar o motivo pelo qual eu preservo os vidros, mas destruo cristais