translato

Eduardo Ferreira

Brasília - DF

A música, em suas diversas formas, representa campo fértil para uma série de processos tradutórios
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

O poeta Mario Quintana foi meticuloso nas traduções e rejeitava a pressão das editoras pela entrega rápida dos textos
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

É, de fato, uma pergunta frequente que o tradutor faz a si mesmo, ao original e a seu autor. Onde está o sentido que preciso traduzir?
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

Pelas ruas, os sentidos deslizam ágeis; deslizam ágeis pelo texto também, mas se enroscam na rede do papel, em direção a uma estabilidade passageira
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

O tradutor, como o poeta e o dramaturgo popular, reconta histórias, embora nem sempre as tome como suas
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

Acima de tudo, como diria Fernando Pessoa, a palavra escrita “escolhe quem a entenda, e não se subordina a quem a escolhe”
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

Uma das principais obras da literatura americana, o romance de Herman Melville ainda traz grandes desafios aos tradutores
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

A ficção da tradução se afirma naturalmente como a única possibilidade de contato real entre os textos
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

Chateaubriand dá testemunho admirável da complexidade do ato tradutório
Eduardo Ferreira

Brasília - DF

Quem tem a empreitada menos árdua: o escritor ou o tradutor?