Ensaios e Resenhas

Guimarães Passos_241

Versos adormecidos

Por Antonio Carlos Secchin

Um passeio pela trajetória do poeta alagoano Guimarães Passos, cujo trabalho permanece esquecido

Gonçalo M. Tavares_241

Estranho mundo

Por Arthur Marchetto

Violência, absurdo e nonsense marcam os dois novos trabalhos de Gonçalo M. Tavares

Elsa Morante, autora de  A ilha de Arturo

Ilusões (quase) perdidas

Por Iara Machado Pinheiro

Clássico da literatura italiana, “A ilha de Arturo” narra as angústias e sonhos de um jovem em busca de amadurecimento

Daniel Jonas, autor de  Os fantasmas inquilinos

Fiel e contestador

Por GABRIELA SILVA

Coletânea “Os fantasmas inquilinos” faz apanhado da obra do poeta português Daniel Jonas

Nuno Ramos, autor de Verifique se o mesmo

Brasil no espelho

Por Alan Santiago

Nos ensaios de “Verifique se o mesmo”, Nuno Ramos defende que a crise brasileira é resultado das semelhanças, e não das diferenças

Patrícia Melo, autora de Mulheres empilhadas

Gritos urgentes

Por CLAUDIA NINA

Patrícia Melo mistura ficção e realidade em livro sobre problema que assola o país: o feminicídio

Stephen Spender, autor de O templo

A transgressão da carne

Por Matheus Lopes Quirino

Ousado romance de Stephen Spender, “O templo” critica o puritanismo inglês e contesta o conceito de pecado

Tiago Novaes, autor de Dionísio em Berlim

A busca por aquele que busca

Por Carla Bessa

“Dionísio em Berlim” apresenta uma história caleidoscópica, na qual a veracidade é tão vulnerável quanto a memória dos personagens

Ilustração: Conde Baltazar

Observações a Nelson

Por Diego Pansani

Dez observações ante as 15 dicas preciosas de Nelson de Oliveira para os novos escritores

Aix-en-Provence_1_28_05_20

Roma não está mais em Roma

Por Ary Quintella

Lembranças de Aix-en-Provence e novas perspectivas sobre viagens durante a pandemia

Os vendedores de cigarros da Praça Três Cruzes Joseph Ziemian

Nada foi inventado

Por Henrique Passos Wagner

Em livro sobre as barbáries do Holocausto, Joseph Ziemian constrói um vívido relato documental de crianças que sobreviveram

Fernando Py, tradutor de Proust, morreu aos 84 anos

Criador de mundos

Por CARLOS AUGUSTO SILVA

Homenagem ao poeta e tradutor Fernando Py (1935-2020), responsável por verter sozinho para o português a obra-prima de Proust