Ensaios e Resenhas

Marcio_Renato_dos_Santos

A cidade habita os homens

Por VILMA COSTA

Minda-au, de Marcio Renato dos Santos, reúne sete contos que falam de homens comuns e de uma Curitiba que com […]

Edson Valente. Foto: Edson Kumasaka

Uma leitura dos instantes

Por MAURÍCIO MELO JÚNIOR

Há uma recorrência nas resenhas dos livros de contos: a definição do gênero. Naturalmente, isso não tem qualquer importância para […]

Reginaldo Pujol Filho. Foto: Vini Marques

Influência sem angústia

Por MARCOS PASCHE

Em algum momento de suas buscas artísticas, o literato iniciante ouve de alguém que ele só será de fato um […]

Leandro_Sarmatz_1_132

Fome de jejum

Por LUIZ GUILHERME BARBOSA

Não adianta: mesmo conscientes da pressa, voltamo-nos ao começo e, debruçados sobre os estreantes, reunimos os lançamentos para compor uma […]

Sergio_Tavares_1

Curtos e insinuantes

Por FABIO SILVESTRE CARDOSO

O senso comum costuma acreditar que o caminho mais fácil para a literatura é o da narrativa curta, o conto. […]

Picaresco tardio

Por LUIZ HORÁCIO

Não admiro, tampouco invejo, aqueles que alardeiam não ter medo da morte. Não temer a morte é não ter medo […]

Rumor silencioso

Por PATRICIA PETERLE

A morte é um dos temas centrais da literatura universal, já presente nas tradições orais e depois em toda a […]

francisco _alvim

Metros fora, poesia dentro

Por MARCOS PASCHE

Parece-me inegável haver certo desgaste da presença (ainda caudalosa) da herança das vanguardas entre as artes visuais e a literatura […]

Cesario_Verde_Poemas_Reunidos_138

Reler Cesário

Por HENRIQUE MARQUES SAMYN

Em 22 de março de 1874, o Diário de Notícias publicava um tríptico poético, intitulado Fantasias do impossível, assinado por […]

Ilustração: Carolina Vigna-Marú

O anti-revolucionário

Por RODRIGO GURGEL

As mudanças políticas da história brasileira assemelham-se em alguns pontos: começam de maneira histriônica, assumem caráter fantasioso, jamais realizam o […]

O poeta-criador

Por HENRIQUE MARQUES SAMYN

O poeta Walmir Ayala é pouco lido porque é mal lido. Da família de Manuel Bandeira e Mário de Andrade, […]

Cruz e Souza, autor de Últimos sonetos

Alma e lama

Por GILBERTO ARAÚJO

Cruz e Sousa é poeta obcecado pelo desprendimento. A crítica apontou-lhe, por exemplo, o desejo de embranquecer, o que o […]