julho de 2020

Rascunho

Curitiba - PR

Socorro Acioli: "Quinhentas palavras bem escolhidas é minha meta de um dia produtivo"
Rafael Zacca

Rio de Janeiro - RJ

A reunião de poemas "Não pararei de gritar", de Carlos de Assumpção, reaviva o debate sobre herança e cânone literário
Gisele Eberspächer

Curitiba - PR

Em "Madalena, Alice", Bia Barros cria uma proposta estética para narrar os horrores do Alzheimer
Marcos Hidemi de Lima

Pato Branco - PR

Mark Twain expressa o valor da liberdade e o horror à escravidão mesmo que suas personagens se valham de expressões e atitudes racistas
Nelson de Oliveira

São Paulo - SP

As vespas africanas assassinas estão aterrorizando a região Centro-Oeste
Wilberth Salgueiro

Vitória - ES

Custa crer que "Vícios de imanência", o difícil e doído livro de Paulo Ferraz, tenha tido tão pouca repercussão
Tércia Montenegro

Fortaleza - CE

Lygia Fagundes Telles e os territórios imprevisíveis na literatura e na vida
Clayton de Souza

São Paulo - SP

"A promessa" e "A pane", de Friedrich Dürrenmatt, exploram o caráter ambivalente da justiça e do crime
Carla Bessa

Berlim - Alemanha

No premiado "O legado de nossa miséria", de Felipe Holloway, as fronteiras entre vida e literatura se diluem
Iara Machado Pinheiro

São Paulo - SP

Em "O que ela sussurra", Noemi Jaffe dá voz à personagem histórica Nadejda Mandelstam para criar uma narrativa calcada em lembranças e no poder da palavra