A vil natureza humana

"A promessa" e "A pane", de Friedrich Dürrenmatt, exploram o caráter ambivalente da justiça e do crime
Friedrich Dürrenmatt, autor de A promessa e A pane
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

A promessa e A pane
Friedrich Dürrenmatt
Trad.: Petê Rissatti e Marcelo Rondinelli
Estação Liberdade
224 págs.
Friedrich Dürrenmatt
Filho de um pastor protestante, nasceu na pequena cidade de Konolfingen, na Suíça alemã, em 1921. Influenciado pelo teatro épico de Bertolt Brecht, escreveu sua primeira peça, Es steht geschrieben [Está escrito], aos 25 anos. A partir da década de 1950, com obras como O juiz e seu algoz (1950), A suspeita (1951) e A visita da velha senhora (1956), marcou seu nome entre os principais autores de seu país. Dedicou-se também à gravura e à pintura. Morreu em 1990.

Clayton de Souza

É escritor, autor do livro Contos Juvenistas.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Chamado de CelebraLetras, o evento vai promover bate-papos, dicas de livros, venda de exemplares autografados, lives e podcasts
Rascunho

Curitiba - PR

Fábula sobre o ciclo da cigarra, livro quer instigar em adultos e crianças uma reflexão a respeito da natureza e da maneira como nos relacionamos com ela
Vivian Schlesinger

São Paulo - SP

“Quinquilharias e recordações” mostra o contexto histórico em que nasceu e cresceu a polonesa Wislawa Szymborska, ganhadora do Nobel de Literatura
Giovana Madalosso

São Paulo - SP

Sempre me orgulhei de ser honesta com a minha filha, desde quando ela nem sabia o que era a palavra honestidade