Trinta brasileiros estão na semifinal do Prêmio Oceanos

Angélica Freitas, Cristovão Tezza, Priscila Gontijo e Raimundo Carrero são alguns dos escritores selecionados para a próxima fase do concurso
De cima para baixo, os autores Priscila Gontijo, Cristovão Tezza, Raimundo Carrero e Angélica Freitas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
26/08/2021

O Prêmio Oceanos divulgou nesta quinta-feira os semifinalistas da sua edição 2021. O Brasil tem no total 30 obras selecionadas: 16 romances, sete livros de poesia e sete de contos. Portugal é o segundo país com mais obras classificadas, com 20 livros: oito romances, sete livros de poesia, três de crônicas, um de contos e um de dramaturgia.

Ao longo de quatro meses, o júri leu e analisou as 1.835 obras inscritas para eleger os 54 classificados para a segunda etapa. Os títulos foram publicados por 34 diferentes editoras e foram escritos por autores de quatro continentes.

Dos países de língua portuguesa do continente africano — Angola, Cabo Verde e Moçambique — foram eleitos três romances, um de cada país. Finalmente, o asiático Timor-Leste contou com um romance na lista.

Entre os brasileiros classificados, estão Angélica Freitas, Vanessa Molnar, Cristovão Tezza, Jeferson Tenório, Priscila Gontijo, Michel Laub e Raimundo Carrero, colunista do Rascunho. Entre os portugueses, Adília Lopes, Gonçalo M. Tavares, Lídia Jorge e H. G. Cancela seguem na disputa.

Há ainda três autores dos países de língua portuguesa do continente africano: o angolano José Eduardo Agualusa, o cabo-verdiano Germano Almeida e o moçambicano Mia Couto, além do escritor timorense, Luís Cardoso, editado em Portugal. Confira aqui a lista completa.

O Oceanos também anunciou o lançamento de um canal no Spotify. Por ali, os autores das obras selecionadas serão convidados a apresentar brevemente seus livros. Os programas vão procurar responder como cada obra se insere no contexto da produção de seus autores, além de revelar o que estimulou o desejo de escrita.

Seleção
Entre agosto e novembro, o Júri Intermediário, composto por sete desses profissionais, analisa as obras semifinalistas para eleger as 10 finalistas. Participam deste júri os brasileiros Beatriz Resende, Eliane Robert Moraes, Fábio Weintraub e Ricardo Aleixo, os portugueses Maria João Cantinho e Pedro Mexia, e o moçambicano Nataniel Ngomane.

Entre novembro e o início de dezembro, o Júri Final, formado por outros sete profissionais, analisa os 10 livros finalistas para eleger os três vencedores. Este júri, por sua vez, será composto pela angolana Ana Paula Tavares, pelos brasileiros Itamar Vieira Junior, Julián Fuks, Maria Esther Maciel e Veronica Stigger, e pelos portugueses António Guerreiro e Golgona Anghel.

O valor total do prêmio soma R$ 250 mil: o livro vencedor receberá R$ 120 mil; o segundo colocado, R$ 80 mil, e o terceiro, R$ 50 mil.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade