A crença na barata

Em novo livro, repleto de “musicalidade”, Angélica Freitas, que vive na Alemanha, não perde de vista os problemas sociais e políticos que assolam o Brasil
Angélica Freitas, autora de “Canções de atormentar”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
03/01/2021
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Rafael Zacca

Poeta e crítico literário. É doutor em Filosofia pela PUC-Rio. Professor de Teoria Literária na UFRJ. Ministra oficinas de criação literária na UERJ. Autor do livro de poemas A estreita artéria das coisas (Garupa, 2018).

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Leia em PDF a edição 249, com destaque para a entrevista de Angélica Freitas. Arte da capa: Fabio Miraglia
Ozias Filho

Lisboa - Portugal

Ensaio fotográfico de Maria João Cantinho
Luiz Paulo Faccioli

Porto Alegre - RS

Nas quase mil páginas da Trilogia da planície, Kent Haruf tira os Estados Unidos do pedestal ao explorar profundos dramas humanos na fictícia cidade de Holt
Haron Gamal

Rio de Janeiro - RJ

"As sobras de ontem", primeiro romance de Marcelo Vicintin, não convence ao tentar dar vida a um figurão do ramo empresarial no Brasil contemporâneo