Rogério Pereira e Vagner Amaro debatem literatura contemporânea

Dentro do projeto “Arte da Palavra”, Sesc Canoinhas promove debate gratuito nesta quinta-feita (15), às 14h30, via plataforma Teams 
Vagner Amaro, autor do livro de contos “Eles”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
14/04/2021

Nesta quinta-feira (15), às 14h30, o Sesc Canoinhas (SC) promove um bate-papo online entre os escritores Rogério Pereira e Vagner Amaro. A atividade faz parte do Projeto “Arte da Palavra”, que promove o intercâmbio de artistas e o incentivo à leitura, com o objetivo de alcançar toda a cadeia da literatura e valorizar as diversas formas de produção e fruição literária.

A mediação da conversa será feita pelo publicitário e produtor cultural João Chiodini através da plataforma Teams. A conversa terá como tema norteador o processo criativo dos escritores e a cena literária contemporânea.

Para participar é preciso realizar uma inscrição através de um formulário disponível aqui. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected].

Os autores
Rogério Pereira nasceu em Galvão (SC), em 1973. É jornalista, editor e escritor. Em 2000, fundou em Curitiba o jornal Rascunho. Entre janeiro de 2011 e abril de 2019, foi diretor da Biblioteca Pública do Paraná, onde coordenou o Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura. É autor do romance Na escuridão, amanhã, finalista do prêmio São Paulo de Literatura, menção honrosa no Prêmio Casa de Las Américas (Cuba), e traduzido na Colômbia (Babel Libros). Tem contos publicados no Brasil, Alemanha, França, Finlândia, Peru e Equador.

Vagner Amaro nasceu no Rio de Janeiro, em 1977. Graduado em Biblioteconomia e Jornalismo, é Mestre em Biblioteconomia pela UNIRIO e doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC do Rio de Janeiro. Preocupado com a pouca visibilidade da produção literária afro-brasileira contemporânea, fundou em 2015 a Editora Malê, juntamente com o professor Francisco Jorge. Como ficcionista, estreou em 2018 com a publicação do volume de contos Eles, em que aborda questões contemporâneas vinculadas a identidades em trânsito e formação.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade