“Elvis & Madona”, de Luiz Biajoni, ganha edição comemorativa

No mês em que se celebra o orgulho LGBTQIA+, Bazar do Tempo reedita a história de amor conturbada entre a motoboy lésbica e a travesti que dão nome à obra
Luiz Biajoni, autor de “Elvis & Madona — Uma novela lilás”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
04/06/2021

Elvis & Madona — Uma novela lilás, do paulista Luiz Biajoni, ganha edição comemorativa de dez anos do lançamento, lançada pela Bazar do Tempo, e versão em áudio, pela Storytel, com narração da atriz trans Carol Marra.

A história, adaptada para o cinema por Marcelo Laffitte, acompanha a conturbada trajetória amorosa das personagens que dão nome à obra — a motoboy lésbica Elvis e a travesti Madona, na violenta e onírica Copacabana.

Para relançar o livro, obedecendo às terminologias corretas do momento, a editora e autor contaram com o trabalho da Mezcla Diversidade, uma consultoria especializada em comunicação justa, e o olhar de Amara Moira, doutora em literatura e ativista trans.

De acordo com Raphael Montes, Biajoni é um dos pioneiros a fazer literatura gay no Brasil. “Mais ainda: escreveu uma história romântica, mas com subtrama policial que o coloca no nível de mestres nacionais como Luiz Alfredo Garcia-Roza e Patrícia Melo”, completa o autor de Dias perfeitos.

Luiz Biajoni nasceu em Americana (SP), em 1970. Algum amor (2020), Quatro velhos (2019) e A viagem de James Amaro (2016) são alguns de seus livros publicados.

Elvis & Madona — Uma novela lilás
Luiz Biajoni
Bazar do Tempo
180 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade