🔓 Autores debatem racismo no “Sempre um Papo” nesta terça

Em live ao vivo, às 19h, Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz falam sobre  o recém-lançado “Enciclopédia negra”
Lilia Moritz Schwarcz, coautora de “Enciclopédia negra”
26/04/2021

Nesta terça-feira (27) Flávio dos Santos Gomes, Jaime Lauriano e Lilia Moritz Schwarcz conversam com Afonso Borges em mais uma edição do “Sempre um Papo”. O encontro online acontece a partir das 19h, nas redes sociais do projeto (YouTube, Facebook e Twitter) e é gratuito.

Os autores vão falar sobre Enciclopédia negra, que estão lançando pela Companhia das Letras. O livro reconta a história do Brasil, da colonização aos dias atuais, a fim de restabelecer o protagonismo negro. De Abdias do Nascimento a Zeferina e Zumbi dos Palmares, a obra traz 416 verbetes biográficos que encenam um reencontro do Brasil com a memória singular, multifacetada e profundamente silenciada de milhões de pessoas negras.

Profissionais liberais, mães que lutaram pela alforria da família, ativistas e revolucionários, curandeiros e médicos e líderes religiosos são alguns dos personagens que compõem a enciclopédia.

Autores

Lilia Moritz Schwarcz é professora titular no Departamento de Antropologia da USP e Global Scholar na Universidade de Princeton. É autora de, entre outros livros, O espetáculo das raças (1993), As barbas do imperador (1998, prêmio Jabuti de Livro do Ano), Brasil: Uma biografia (com Heloisa Murgel Starling, 2015) e Lima Barreto: Triste visionário (2017, prêmio Jabuti de Biografia).

Flávio Dos Santos Gomes é historiador e professor da UFRJ. Dentre outros livros, escreveu A hidra e os pântanos (2006) e O alufá Rufino (2011), em coautoria com João José Reis e Marcus J. M. de Carvalho). Organizou, juntamente com Lilia Moritz Schwarcz, o Dicionário da escravidão e liberdade (2018).

Jaime Lauriano é artista visual. Com diversas exposições individuais no Brasil e no exterior, concebeu uma obra especial para a sobrecapa do Dicionário da escravidão e liberdade (2018), organizado por Lilia M. Schwarcz e Flávio dos Santos Gomes.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Rascunho