Nos tentáculos do medo

Como o ódio racial e o horror cósmico estruturam a ficção de H. P. Lovecraft, criador de entidades que estão enraizadas na cultura pop
H. P. Lovecraft, autor de “Os mitos de Cthulhu”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

H. P. Lovecraft: contra o mundo, contra a vida
Michel Houellebecq
Trad.: Maria Luiza Borges
Nova Fronteira
200 págs.
Os mitos de Cthulhu
H. P. Lovecraft
Trad.: Alexandre Barbosa de Souza, Regiane Winarsrki e Alexandre Gambarotto
Nova Fronteira
696 págs.
H. P. Lovecraft
Nascido em 1890, a vida de Howard Phillips Lovecraft foi marcada por sua ligação com sua cidade natal: Providence, em Rhode Island. Sem dinheiro ou fama em toda sua vida, Lovecraft escreveu cerca de 65 obras, tendo em Edgar Alan Poe e Lorde Dunsany suas grandes influências. Entre suas antologias mais famosas estão as seleções Os mitos de Cthulhu, O chamado de Cthulhu e outras histórias e os Grandes contos.

Arthur Marchetto

É mestrando em Comunicação Social, com pesquisa sobre crítica literária na Universidade Metodista.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Cida Pedrosa: “Tenho surtos criativos e nestes momentos fico ligada, pronta para a presa, em estado de palavra”
Luiz Ruffato

São Paulo - SP

Ocupamos o último lugar no ranking mundial de valorização da profissão de professor, e isso antecipa o retrato do que o Brasil será no futuro
Rascunho

Curitiba - PR

A poeta pernambucana Cida Pedrosa venceu as categorias Poesia e Livro do Ano, com “Solo para vialejo”; Nélida Piñon, Carla Bessa e Itamar Vieira Junior também foram premiados
Rascunho

Curitiba - PR

O livro “Contos” traz 25 narrativas curtas do autor de “A montanha mágica”, com posfácio do crítico inglês Terence J. Reed