Um romance de coragem

Em "Só faltou o título", Reginaldo Pujol Filho esculhamba com o mercado editorial brasileiro
Reginaldo Pujol, autor de “Só faltou o título”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Só faltou o título
Reginaldo Pujol Filho
Record
320 págs.
Reginaldo Pujol Filho
Nasceu em Porto Alegre (RS), em 1980. Publicou Azar do personagem e Quero ser Reginaldo Pujol Filho. É pós-graduado em Artes da Escrita pela Universidade Nova de Lisboa e mestre em Escrita Criativa pela PUCRS, onde cursa o doutorado. Ministra cursos de escrita e colabora com resenhas e ensaios para a imprensa.

Arthur Tertuliano

É escritor e mestrando em estudos literários pela UFPR. Escreve no blog O Leitor Comum.

Leia também

Marcelo Moutinho

Rio de Janeiro - RJ

Quando uma solidão encontra a outra, e há afeição, a morte começa a parecer algo distante
Rascunho

Curitiba - PR

Semifinalista do Prêmio Oceanos em 2019, autor narra um dia na vida de um tradutor à beira do desespero desde a partida de sua noiva
Rascunho

Curitiba - PR

“Os filhos de Hitler”, do jornalista Gerald Posner, apresenta uma visão da vida privada e das ações públicas daqueles que trabalharam para o Terceiro Reich
Rascunho

Curitiba - PR

“Viva la vida”, escrita pela espanhola Carmen Domingos, traz a trajetória da pintora mexicana em dez episódios em português