WILBERTH SALGUEIRO

Manoel de Barros, poeta brasileiro

Canção do ver, de Manoel de Barros

Por WILBERTH SALGUEIRO

Versos nos quais a poética de Manoel de Barros se exibe em plenitude

Machado_Assis

Suave mari magno, de Machado de Assis

Por WILBERTH SALGUEIRO

“Suave mari magno” é um dos mais conhecidos poemas de Machado de Assis

Paulo Henriques Britto, poeta brasileiro

Biographia literaria, de Paulo Henriques Britto

Por WILBERTH SALGUEIRO

O poema de Britto esvazia o sujeito, inflado, que se quer arrogantemente senhor de si e de suas razões

Elisa_Lucinda_201

Zumbi saldo, de Elisa Lucinda

Por WILBERTH SALGUEIRO

Poemas de Elisa Lucinda são marcados pelo tom coloquial, oralizante, direto, referencial

miro_da_muribeca_2_200

Eu pensei fazer um poema, de Miró da Muribeca

Por WILBERTH SALGUEIRO

O poeta pernambucano busca sempre impactar o leitor

Zeca Baleiro, autor de Mamãe no face

Mamãe no Face, de Zeca Baleiro

Por WILBERTH SALGUEIRO

Mamãe, eu fiz o disco do ano E até mesmo o Caetano Parece que aprovou Mamãe, eu sigo na minha […]

O poeta Antonio Cicero, autor de Presente

Presente, de Antonio Cicero

Por WILBERTH SALGUEIRO

O poema é a prova do conflito existencial do poeta

Angélica Freitas, autora do poema Mulher de respeito

Mulher de respeito, de Angélica Freitas

Por WILBERTH SALGUEIRO

Um breve e contundente poema

O poeta José Paulo Paes, autor de Escola

Escola, de José Paulo Paes

Por WILBERTH SALGUEIRO

A leitura pede que acompanhemos a perspectiva da criança que o elabora

O poeta Fabio Weintraub

Fotografia, de Fabio Weintraub

Por WILBERTH SALGUEIRO

Este poema compacto aciona muitas tensões

O poeta Ricardo Aleixo

Rondó da ronda noturna, de Ricardo Aleixo

Por WILBERTH SALGUEIRO

Não resta dúvida de que o rondó traz à tona a questão racial

Leila Míccolis por José Luiz Tahan

(H)ojeriza, de Leila Míccolis

Por WILBERTH SALGUEIRO

O tom desbocado e despudorado e o diálogo franco com o leitor são marcas da poesia de Leila Míccolis