Sylvio Back tem obra poética reunida

Publicado pela Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC), “Silenciário” inclui cinco obras que estavam fora de catálogo e um livro inédito
Sylvio Back, autor de “Silenciário”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
04/05/2021

A Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC) reuniu em Silenciário seis livros de poesia de Sylvio Back. Moedas de luz (1988), Yndio do Brasil — Poemas de filme (1995), Eurus (2004), Traduzir é poetar às avessas (2005) e Kinopoems (2014) foram lançados nos últimos 30 anos e dão uma mostra da careira literária do autor catarinense. A coletânea ainda inclui o inédito A maior diversão. O livro também sai em versão e-book, que pode ser acessado aqui.

Por sua obra cinematográfica e literária, o autor recebeu recentemente o título de “Doutor Honoris Causa”, concedido pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Ex-jornalista e crítico de cinema, Back começou a carreira no cinema em 1962, tendo escrito, realizado e produzido até hoje 38 filmes, entre curtas, médias e longas-metragens (12 no total): Lance maior (1968), Aleluia, Gretchen (1976), República Guarani (1982) e Lost Zweig (2003) são alguns de seus filmes mais celebrados. Ao todo, o escritor tem 25 livros publicados, entre poesia, conto e ensaio.

Silenciário
Sylvio Back
EdUFSC
431 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade