Segundo romance da ganesa Yaa Gyasi ganha tradução

Em “Reino transcendente”, a premiada autora narra as dificuldades de uma imigrante africana e sua família no sul dos Estados Unidos
Yaa Gyasi, autora de “Reino transcendente”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
11/06/2021

No romance Reino transcendente, lançado pela Rocco, a jovem autora ganesa Yaa Gyasi trata de temas como racismo, imigração, depressão e vício. Por seu livro de estreia, O caminho de casa, venceu o Prêmio Hemingway e figurou na lista dos mais vendidos do New York Times.

Na nova narrativa, Gifty é uma imigrante africana vivendo no sul dos Estados Unidos. Apesar de ter um sólida carreira acadêmica na Universidade de Stanford, onde prepara um doutorado em Neurociência, a personagem enfrenta os problemas de morar em um ambiente racista — dos quais sua família também não escapa.

Na contramão do sonho americano, o pai da protagonista abandona a terra do Tio Sam para voltar ao seu país de origem. Já seu irmão, uma promessa do basquete, torna-se viciado em opioides depois de uma lesão. E a mãe, em consequência dos desastres, é acometida por uma depressão severa.

Para tentar contornar o caos que lhe cerca, Gifty se dedica ferrenhamente à ciência e busca credibilidade no Alabama, onde vive, em uma história que, apesar de trágica, também traz momentos de fé, superação e amor.

Assim como a personagem de Reino transcendente, Yaa Gyasi nasceu em Gana e é radicada nos Estados Unidos. Estreou na literatura aos 28 anos, com boa acolhida de público e crítica. Mora em Berkeley, na Califórnia.

Reino transcendente
Yaa Gyasi
Trad.: Waldéa Barcellos
Rocco
320 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade