Principal livro de Lúcio Cardoso volta às livrarias

“Crônica da casa assassinada”, lançado em 1959, tem como tema central a história de uma família em decadência; romance estava fora de catálogo há anos
Lúcio Cardoso, autor de “Crônica da casa assassinada”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
13/04/2021

Principal livro do mineiro Lúcio Cardoso, o romance Crônica da casa assassinada volta a ser editado. Obra-prima de um dos principais escritores brasileiros, o livro conta a história do clã dos Meneses através de diferentes narradores, que se enfrentam e se contradizem, construindo um retrato profundo da vida familiar.

Livro responsável por abalar o meio literário brasileiro quando publicado pela primeira vez, em 1959, Crônica da casa assassinada tem como tema central a história de uma família em decadência: cada geração se vê mais pobre que a anterior, dilapidando o patrimônio para sobreviver. Os Meneses, porém, continuam sendo respeitados na pequena comunidade mineira em que vivem.

A Chácara, a grande casa que gera orgulho mas também aprisiona, é vista com reverência e desconfiança por todos que conhecem o clã. Contudo, a chegada de Nina — jovem carioca que se muda após se casar com Valdo, o irmão do meio — vai abalar a relação difícil que se estabelece entre os irmãos. O livro utiliza a pluralidade de vozes narrativas para explorar os limites do desejo e da submissão.

Lúcio Cardoso nasceu em 1912 na cidade de Curvelo, Minas Gerais. Em 1930 publica seus primeiros textos em jornais, e seu romance de estreia, Maleita, é lançado em 1934. A partir de então, o autor produz diversas novelas, contos, livros infantis e romances, até que em 1959 publica Crônica da casa assassinada — clássico instantâneo da literatura brasileira. Sua morte, causada por derrame cerebral, acontece em 1968, no Rio de Janeiro.

Crônica da casa assassinada
Lúcio Cardoso
Companhia das Letras
560 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade