Paulo Leminski é tema de exposição no Sesc Osasco

Com curadoria de Alice Ruiz, a instalação “Distraídos venceremos” é composta por trabalhos poéticos e publicitários do autor curitibano
Instalação “Distraídos venceremos”, no Sesc Osasco
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
14/01/2021

A obra do poeta curitibano Paulo Leminski é tema de uma exposição no Sesc Osasco. A instalação, intitulada Distraídos venceremos, tem curadoria da também poeta Alice Ruiz e ocupa a área externa da unidade com painéis luminosos. O projeto gráfico, assinado pelo artista Miguel Paladino, traz uma espécie de jogo de luzes que revela os poemas paulatinamente — artifício que se evidencia ainda mais ao entardecer e à noite.

O público poderá visitar a exposição gratuitamente de terça a sexta, das 14h às 20h, e sábado, das 10h às 14h , mediante agendamento prévio pelo site. As visitas têm duração máxima de 30 minutos e o uso de máscara facial é obrigatório para todas as pessoas, durante todo o período.

Morto há mais de 30 anos, em 1989, Leminski também foi tradutor, letrista e publicitário. Essa faceta do criador de jingles e frases para vender também foi contemplada na exposição.

Um dos poetas mais destacados de sua geração, é autor de Caprichos e relaxos e Catatau, entre outros livros. Teve composições gravadas por artistas como Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Arnaldo Antunes e Itamar Assumpção. Como tradutor, verteu para o português obras de Samuel Beckett e John Fante.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade

Leia também

João Melo

Luanda - Angola

Para enfrentar a pandemia, teremos, se quisermos sobreviver e não contribuir para espalhar ainda mais a doença, de nos manter confinados por algum tempo mais
José Roberto Torero

São Paulo - SP

Os desafios e vantagens de escrever um livro em dupla; uma delas é que serão dois autores criticando o texto
Rascunho

Curitiba - PR

“Eu tenho um nome” relata o estupro sofrido pela escritora norte-americana e expõe falhas cometidas pelo sistema judicial ao lidar com o caso
Rascunho

Curitiba - PR

Escritor angolano abre a programação do projeto internacional “Quintal da Língua Portuguesa”; conversa acontece hoje, às 14h, pela plataforma Zoom