Contos de Machado de Assis são adaptados para as HQs

Assinado por Caeto e Masanori Ninomiya, “Três contos do Machado” traz versões para as narrativas curtas “Um apólogo”, “Na arca” e “A cartomante”
Caeto, coautor de “Três contos do Machado”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
11/06/2021

Os artistas Caeto e Masanori Ninomiya se juntaram para transformar histórias emblemáticas de Machado de Assis em HQs.  O livro Três contos do Machado, publicado pela Editora Miolo Mole, será lançado no 21 de junho, data de nascimento do autor carioca.

O bate-papo virtual será transmitido pelo canal da Miolo Mole no YouTube a partir das 19h. Além dos autores, o evento conta também com a participação de Thiago Carvalho, que assina o prefácio do livro. A mediação será dos editores Luana Vignon e Daniel Rosa.

Três contos do Machado traz a adaptação de Um apólogo, Na arca e A cartomante. O livro conta com versão acessível para leitores cegos ou atípicos por meio de audiodescrição disponível em link impresso no livro físico.

Esta é a segunda publicação com os dois autores trabalhando juntos. Os dois artistas se conheceram há sete anos, quando Sonia Ninomiya procurou Caeto a fim de que o artista desse aulas de desenho para seu filho, que tem transtorno do espectro autista.

Desde então, Caeto acompanha, como seu professor, o crescimento do trabalho de Masanori. Em 2018, ele começaram a trabalhar na HQ Nori e eu, obra na qual Caeto dirigiu artisticamente e editorialmente a narrativa escrita a quatro mãos pela mãe, Sonia, e pelo filho, Masanori. A história dessa relação em quadrinhos resultou na HQ lançada em 2019 pela editora WMF Martins Fontes. O livro também foi traduzido e publicado na França (Nori et moi), em 2020, pela editora DUNOD.

Em 2021, os parceiros juntaram-se novamente para uma adaptação em quadrinhos de contos do escritor Machado de Assis, com Caeto como responsável pelo trabalho de adaptação de texto e de arte-final, e com ilustrações assinadas por Masanori.

Caeto é quadrinista e ilustrador, publicou as HQs Memória de elefante e Dez anos para o fim do mundo, pelo selo Quadrinhos na Cia, da Companhia das Letras. Adaptou para quadrinhos o conto A morte de Ivan Ilitch”, de Liev Tolstói, pela Editora Peirópolis. Tem dez livros publicados como ilustrador.

Masanori é artista desde a infância. Desde 2011 publica o mangá Kaleido rider e hoje continua sua busca artística sob a orientação de Caeto. Publicou o livro Nori e eu, em 2019, pela Editora WMF Martins Fontes.

Três contos do Machado
Caeto e Masanori Ninomiya
Miolo Mole
64 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade