Cláudio Schuster publica livro de crônicas

Em “Vai dar merda”, autor gaúcho reúne textos que, segundo Xico Sá, formam a “bíblia de um bar chamado esperança”; as ilustrações são de Cláudio Duarte
Cláudio Schuster, autor de “Vai dar merda”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
21/07/2021

Em seu primeiro livro de crônicas, Vai dar merda, o jornalista e poeta gaúcho Cláudio Schuster reúne 31 textos que, na contramão dos modismos, parecem uma conversa de bar — com seus temas clássicos, como relacionamentos, sexo, choque de gerações. A obra é ilustrada por Cláudio Duarte.

De acordo com Xico Sá, o conjunto é a “bíblia de um bar chamado esperança”. Apesar de flertar com a nostalgia, conforme observação de Leonardo Valente no texto de orelha, a prosa de Schuster se apoia mais no humor para discutir assuntos variados.

Cláudio Schuster nasceu em Pelotas, no Rio Grande do Sul, e está radicado em Florianópolis (SC) desde 1986. Iniciou sua trajetória na poesia com crime perfeito, de 1994, e publicou outros quatro títulos no mesmo gênero. Vai dar merda é sua primeira reunião de crônicas.

Vai dar merda
Cláudio Schuster
Mondrongo
122 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade