O templo absoluto de Eros

Com Cancioneiro, Francesco Petrarca lança as bases do lirismo universal
Francesco Petrarca, autor de “O templo absoluto de Eros”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Cancioneiro

Francesco Petrarca
Trad.: José Clemente Pozenato
Ateliê / Unicamp
536 págs.
Francesco Petrarca
Nasceu em 20 de julho de 1304, em Arezzo, na Toscana. Desde cedo começou uma vida de peregrinação que iria durar, com alguns intervalos, até sua morte. Por sua formação erudita e talento, teve apoio de importantes famílias aristocráticas, como os Colonna, bem como a admiração de artistas famosos da época, como Boccaccio, que fora seu amigo. Escreveu obras tanto em latim quanto em língua vulgar, sendo nesta última que compôs o Cancioneiro, obra que imortalizou seu amor por Laura, além de influenciar intensamente grandes poetas como Camões e, por consequência, toda a tradição lírica ocidental. Faleceu em 18 de julho de 1374.

Clayton de Souza

É escritor, autor do livro Contos Juvenistas.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

O livro, uma adaptação do roteiro de “Era uma vez em… Hollywood”, mais recente longa-metragem do cineasta americano, será publicado no Brasil pela Intrínseca
Rascunho

Curitiba - PR

Em seu livro, Gustav Mayer passa pelos principais eventos da vida de um dos criadores do socialismo científico, que em 2020 tem seu bicentenário de nascimento comemorado
Tiago Germano

Porto Alegre - RS

Como Norwich, pequena cidade do interior da Inglaterra, tornou-se um polo mundial da literatura revelando escritores premiados com o Pulitzer, Booker Prize e até o Nobel
Rascunho

Curitiba - PR

A autora da “Tetralogia napolitana” divulgou uma lista com seus 40 livros favoritos de escritoras de todo o mundo