O sentido como cicatriz

A narrativa está para a vida, assim como o aforismo está para a lápide
Ilustração: Dê Almeida
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Flavio Ricardo Vassoler

É escritor, professor universitário e autor de Tiro de Misericórdia (Editora nVersos, 2014) e O Evangelho segundo Talião (Editora nVersos, 2013) e organizador de Dostoiévski e Bergman: o niilismo da modernidade (Editora Intermeios, 2012). Durante o mestrado em Teoria Literária (2008-2010) pela FFLCH-USP, o escritor Fiódor Dostoiévski fez com que Flávio Ricardo se embrenhasse pela Rússia, durante um ano (2008-2009), para aprofundar, junto à Universidade Russa da Amizade dos Povos, em Moscou, o aprendizado da língua que as Memórias do Subsolo legaram a Stálin. Agora, durante o doutorado em Teoria Literária (2012-2015) pela FFLCH-USP, Dostoiévski e a dialética fazem o autor nômade migrar novamente, desta vez para a fronteira oposta da Guerra Fria: entre setembro de 2014 e agosto de 2015, Flávio Ricardo realiza um estágio doutoral junto à Northwestern University, em Evanston, Chicago, nos Estados Unidos. Segundas-feiras, quinzenalmente, o autor apresenta, a partir das 22h, o Espaço Heráclito, um programa de debates políticos, sociais, artísticos e filosóficos com o espírito da contradição entre as mais variadas teses e antíteses — para assistir ao programa, basta acessar a página da TV Geração Z (http://www.tvgz.com.br/), o Poral Heráclito e o YouTube. Periodicamente, atualiza o Portal Heráclito (http://www.portalheraclito.com.br/) e o Subsolo das Memórias (http://www.subsolodasmemorias.blogspot.com.br/), páginas em que posta fragmentos de seus textos literários e fotonarrativas de suas viagens pelo mundo.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Publicado pela primeira vez em 2000, romance de Ferréz que vendeu mais de 100 mil exemplares, passa a ser publicado pela Companhia das Letras
Rascunho

Curitiba - PR

O livro, uma adaptação do roteiro de “Era uma vez em… Hollywood”, mais recente longa-metragem do cineasta americano, será publicado no Brasil pela Intrínseca
Rascunho

Curitiba - PR

Em seu livro, Gustav Mayer passa pelos principais eventos da vida de um dos criadores do socialismo científico, que em 2020 tem seu bicentenário de nascimento comemorado
Tiago Germano

Porto Alegre - RS

Como Norwich, pequena cidade do interior da Inglaterra, tornou-se um polo mundial da literatura revelando escritores premiados com o Pulitzer, Booker Prize e até o Nobel