Imerso no mundo cão

O romance policial "1935", de Rafael Guimaraens, mistura fatos históricos, pessoas de diversas procedências e crimes para oferecer um painel de Porto Alegre
Rafael Guimaraens, autor de “O espião que aprendeu a ler”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
02/06/2021
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital), R$ 12,90 (digital + impresso) e R$ 139,90 (digital + impresso anual).

Clique AQUI para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

1935
Rafael Guimaraens
Libretos
336 págs.
Rafael Guimaraens
Nascido em 1956, Carlos Rafael Guimaraens Filho é porto-alegrense, jornalista e escritor. Entre ficção e não ficção, publicou 16 livros. Destacam-se Pôrto Alegre — Agôsto 61 (2001), Tragédia da Rua da Praia (2005), Teatro de Arena — Palco de resistência (2009), A enchente de 41 (2010), O sargento, o marechal e o faquir (2016) e O espião que aprendeu a ler (2019). Ganhou, entre outros prêmios, o Açorianos e o da Associação Gaúcha de Escritores.

Marcos Hidemi de Lima

É professor de Literatura Brasileira na UTFPR de Pato Branco (PR). Autor de Dança de palavras e sonsMulheres de GracilianoVárias tessituras. Escreve crônicas semanais para o Diário do Sudoeste, jornal de Pato Branco.

Publicidade