A última miragem

"Felicidade", de Wellington de Melo, narra a desesperança, a denúncia de um mundo abjeto, sem saída
Wellington de Melo, autor de “Felicidade”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
30/06/2018
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Felicidade
Wellington de Melo
Patuá
128 págs.
Wellington de Melo
Nasceu em 1976, em Recife (PE). É escritor, professor e tradutor. Publicou poemas — entre os quais se destacam o peso do medo 30 poemas em fúria e o Caçador de mariposas (traduzido para o francês) — além do romance Estrangeiro no labirinto (semifinalista do prêmio Portugal Telecom em 2014). É tradutor para o português do poeta Miguel de Hernández, de cuja antologia Ventos do povo é um dos organizadores.

Haron Gamal

É doutor em literatura brasileira pela UFRJ e professor de literatura brasileira da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Macaé. Autor dos livros Magalhães de Azeredo – série essencial (ABL) e Estrangeiros – a representação do anfíbio cultural na prosa brasileira de ficção (Ibis Libris).

Publicidade

Leia também

Giovana Madalosso

São Paulo - SP

Talvez escrever um livro para um amante seja o canto do cisne. Só aprisionamos em uma obra aquilo que já não existe mais
Rascunho

Curitiba - PR

Clássicos de George Orwell, lançados pela Edipro, chegam às livrarias em 1º de janeiro, com traduções assinadas por Alexandre Barbosa de Souza
Rascunho

Curitiba - PR

Publicado pela 7Letras, “O vento gira em torno de si” revela as angústias da narradora diante de muitas perdas e do desastre ecológico no Rio Doce, em 2014
Rascunho

Curitiba - PR

Fenômeno da internet, obra da ilustradora Luiza de Souza foi viabilizada por meio de financiamento coletivo pela Seguinte, selo da Companhia das Letras