O bueiro como rota de fuga

Crônicas de Fania Benchimol levam Alice, de Lewis Carroll, para as ruas do Rio de Janeiro
Fania Szydlow Benchimol, autora de “Alice 2013 – Um Rio que ficou em nossas vidas”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Alice 2013 – Um Rio que ficou em nossas vidas
Fania Szydlow Benchimol
Ilustrações: Walter Goldfarb
Escrita Fina
128 págs.
Fania Szydlow Benchimol
Nasceu em 1962, no Rio de Janeiro (RJ). É psicóloga e nutricionista. Aos 50 anos publicou seu primeiro livro, O sofá laranja (Tinta Negra, 2013), um romance epistolar. Vive no Rio de Janeiro.

Vivian Schlesinger

Escritora, tradutora e mediadora de debates literários. Autora do livro de poemas Papaya na madrugada.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Evento online reúne os autores Conceição Evaristo, Cristovão Tezza, Eliane Brum,  Milton Hatoum, Eliane Potiguara, Ana Maria Machado e Mia Couto
Itamar Vieira Junior

Salvador - BA

Serão os membros da Academia Sueca capazes de compreender a originalidade de Jamaica Kincaid, Maryse Condé, Ngugi wa Thiong’o ou Milton Hatoum?
Gisele Barão

Curitiba - PR

A israelense Ayelet Gundar-Goshen fala sobre o processo de escrita de seus elogiados romances, que misturam boas tramas a dilemas morais
Rascunho

Curitiba - PR

Adriana Falcão: "Se me apaixono pela forma, vira obsessão. Gosto de brincadeiras formais"