Lina Meruane. Foto: Daniel Mordzinski.

Corra, Lina, corra

Por KÁTIA BANDEIRA DE MELLO-GERLACH

Entrevista com a chilena Lina Meruane, autora de “Sangue no olho”

Ilustração: Theo Szczepanski.

Para as meninas

Por CARLOS EDUARDO DE MAGALHÃES

Um pai discute com as filhas a evolução das crenças e da fé na história da humanidade

Anotações sobre romances (21)

Por RINALDO DE FERNANDES

Na segunda parte do livro de Gonçalo M. Tavares, em Matteo perdeu o emprego (que, repita-se, fecha a seção narrativa […]

Antonio Carlos Viana. Foto: Divulgação.

Um contista impecável

Por RAFAEL RODRIGUES

Jeito de matar lagartas, de Antonio Carlos Viana, transita entre os extremos da delicadeza e da crueldade

A morte do autor

Por JOSÉ CASTELLO

Ouvi, em uma mesma semana, duas histórias que me assombraram. Histórias relatadas como verdadeiras — e não tenho por que […]

Lina Meruante. Foto: Mariana Garay.

A espantosa beleza do sangue que cega

Por LUIZ PAULO FACCIOLI

A “endemoninhada” chilena Lina Meruane chega ao Brasil com o excelente Sangue no olho

Como captar toda a vibração do original

Por EDUARDO FERREIRA

Na tradução, é preciso captar tudo o que vibra no texto. Calibrar a colagem dessa vibração no novo texto, para […]

Ilustração: Osvalter

Sapatos de Surfista

Por ROGÉRIO PEREIRA

Sapatos sem cadarço saem do pé. É preciso amarrá-los com firmeza. Acho que nunca foi moda tirar o cadarço do […]

Anotações sobre romances

Por RINALDO DE FERNANDES

Em termos de conteúdo, o que caracteriza a primeira e a segunda partes de Matteo perdeu o emprego, de Gonçalo […]

Ilustração: Hallina Beltrão

Romancinho bem-intencionado

Por RODRIGO GURGEL

Ribeiro Couto e seu Cabocla estão sentados ao lado do capeta no inferno das boas intenções

Wander_Shirukaya_ascensão_queda_180

A humanidade é uma grande banda de rock

Por RAIMUNDO CARRERO

Não tenham dúvida: a humanidade é sempre uma banda de rock. Numa bela sacada criativa, de quem sabe o que […]

JOHN_MILTON_ensaio_ilustra_3_Theo_180

O redemoinho do segredo

Por MARTIM VASQUES DA CUNHA

O olhar sobre a humanidade que une William Blake e John Milton num paraíso sempre à beira do abismo