Sabendo que és minha

Quando uma escritora se propõe a explorar as profundezas da mente humana, como acontece neste romance de autoficcão
Sabendo que és minha
Fabrina Martinez
Jandaíra
144 págs.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
01/12/2020

Nos profundos da insondável psique habitam seres como a Lula Vampiro do Inverno. Quando uma escritora se propõe a explorar as profundezas da mente humana, como acontece neste romance de autoficcão, as frases acabam adquirindo um ar onírico e flertando com a solidão e o silêncio dos espaços difíceis de serem preenchidos. Ao se pretender falar sobre luto e a coragem de permanecer viva, afinal, tudo indica que o tom não poderia ser diferente.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade