🔓 Eu falo como um rio

Crianças também podem se sentir perdidas, solitárias e incapazes de se adaptar
Eu falo como um rio
Jordan Scott
Ilustrações: Sydney Smith
Trad.: Julia Bussius
Pequena Zahar
40 págs.
01/12/2021

Crianças também podem se sentir perdidas, solitárias e incapazes de se adaptar. Nesta narrativa poética, indicada para leitores a partir de 6 anos e baseada na experiência pessoal de Jordan Scott, o autor canadense mostra como um menino com dificuldades para falar — as palavras ficam presas no fundo de sua boca, não saem da forma que ele espera — busca o apoio do pai para se conectar com o mundo e, finalmente, encontrar a própria voz.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Rascunho