Quintal da Língua Portuguesa recebe Cida Pedrosa neste sábado

A poeta pernambucana fala sobre as interfaces culturais e artísticas nos países que falam o português e comenta questões relativas à sua obra
Cida Pedrosa, autora de “Solo para vialejo”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
09/04/2021

A poeta Cida Pedrosa é a próxima convidada do Quintal da Língua Portuguesa, projeto que promove encontros virtuais com autores, estudiosos e leitores para discutir obras de ficção e as interfaces culturais e artísticas nos países que falam o idioma. O encontro será neste sábado (10), às 14h (Brasília) e às 18h (Lisboa e Luanda).

A inscrição custa R$ 50 para o público em geral e R$ 25 para conveniados (Senalba, Sinpro, Sindiserv Caxias, Rede Caminho do Saber e ex-alunos dos cursos do Instituto Quindim), mediante solicitação de desconto no e-mail [email protected] O bate-papo será transmitido por meio da plataforma Zoom. Para acompanhar, inscreva-se aqui.

O Quintal da Língua Portuguesa é uma realização do Instituto de Leitura Quindim, em parceria com instituições de Portugal (Bichinho do Conto) e Angola (Kacimbo Produção Cultural). Os encontros são realizados no segundo sábado de cada mês, pela internet.

Cida Pedrosa é pernambucana. Poeta, advogada e vereadora do Recife, conquistou o Prêmio Jabuti de Livro de Poesia e Livro do Ano, em 2020, por Solo para vialejo. Tem participação em antologias de poemas no Brasil e no exterior.

Ela começou a carreira literária nos anos 1980, com a publicação da coletânea de poemas Restos do fim, de 1982. Também é autora de O cavaleiro da epifania (1986), Cântaro (2000), Gume (2005), As filhas de Lilith (2009), Miúdos (2011), Claranã (2015) e Gris (2018).

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade