Simbiose de corpo e linguagem

Livros de Silviano Santiago mostram como o autor mineiro pratica, na ficção e na crítica literária, um misto de assimilação do outro e análise de si
Silviano Santiago, autor de “Uma literatura nos trópicos ”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
29/03/2021
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital), R$ 12,90 (digital + impresso) e R$ 139,90 (digital + impresso anual).

Clique AQUI para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Uma literatura nos trópicos
Silviano Santiago
Cepe
396 págs.
Fisiologia da composição: gênese da obra literária e criação em Graciliano Ramos e Machado de Assis
Silviano Santiago
Cepe
235 págs.
Menino sem passado
Silviano Santiago
Companhia das Letras
472 págs.
Silviano Santiago
Nasceu em Formiga (MG), em 1936. É crítico literário, poeta e ficcionista. Doutor em Letras pela Sorbonne e professor emérito da Universidade Federal Fluminense, lecionou literatura brasileira em universidades nacionais e internacionais. Publicou, entre outros livros, Crescendo durante a guerra numa província ultramarina (poesia, 1978), Em liberdade (romance, 1994) e Vale quanto pesa (ensaio, 1982). Recebeu diversos prêmios literários no Brasil e no exterior.

Marcos Pasche

É crítico literário.

Publicidade