Acúmulo de catástrofes

O inacabado "Passagens", de Walter Benjamin, pretendia apresentar um tempo em que os homens “divinizaram” a mercadoria e o mercado
Walter Benjamin, autor de “Passagens”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Passagens — 3 volumes
Walter Benjamin
Trad. do francês: Cleonice Paes Barreto Mourão
Trad. do alemão: Irene Aron
UFMG
1746 págs.
Walter Benjamin
(1892-1940) foi um filósofo, ensaísta e crítico alemão. Na década de 1930 viveu exilado em Paris, fugindo do nazismo. Durante esse tempo colaborou com o Instituto de Pesquisa Social em Frankfurt. É autor de Origem do drama barroco alemão, O conceito de crítica de arte no romantismo alemão, além de alguns ensaios que estão entre os mais importantes do século 20.

Rafael Zacca

Poeta e crítico literário. É doutor em Filosofia pela PUC-Rio. Professor de Teoria Literária na UFRJ. Ministra oficinas de criação literária na UERJ. Autor do livro de poemas A estreita artéria das coisas (Garupa, 2018).

Publicidade

Leia também

Carolina Vigna

São Paulo - SP

Ser e viver sozinho não é para qualquer um. E tampouco são sinônimos
Rascunho

Curitiba - PR

Com capa dura, título conta com organização e prefácio do poeta Eucanaã Ferraz, além de posfácio de Otto Lara Resende, publicado originalmente em 1967
Rascunho

Curitiba - PR

Segunda edição do concurso vai premiar projeto inédito de livro-reportagem com R$ 15 mil e contrato para publicação da obra
Rascunho

Curitiba - PR

Com atividades gratuitas, evento acontece de 7 a 13 de dezembro e vai reunir 330 autores, entre eles Mauricio de Sousa, Raphael Montes e Mário Sergio Cortella