Prateleira

junho 2019 / Saquarema sete três

#Exclusivo no Site

Saquarema sete três

Zé McGill Tinta Negra 158 págs. Em sua primeira incursão pelo romance, o norte-americano radicado no Rio de Janeiro Zé […]

Zé McGill
Tinta Negra
158 págs.

Em sua primeira incursão pelo romance, o norte-americano radicado no Rio de Janeiro Zé McGill elabora um thriller denso e bem-humorado a partir de uma estranha confidência: “Bom dia, eu matei um homem no verão de 1973, em Saquarema”. Após essa abordagem pouco ortodoxa, a trama se desenvolve, com início num vagão de trem em Paris, no ano de 2015, e desemboca em terras cariocas, décadas atrás. Cabe ao confidente — que narra a história — se embrenhar num caminho labiríntico para descobrir o que de fato aconteceu.

Print Friendly