O menor amor do mundo

Em seu quinto livro de poemas, o autor carioca constrói um conjunto que dialoga com o cânone literário e outras linguagens
O menor amor do mundo
Rafael Zacca
7Letras
102 págs.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
01/01/2021

Em seu quinto livro de poemas, o autor carioca constrói um conjunto que dialoga com o cânone literário e outras linguagens, entrecortando tudo com o tom da contemporaneidade. Em três partes, sendo a primeira que dá nome à obra, Zacca vai de versos inspirados em anjos pintados por Paul Klee a um banquete no Codorno do Feio, um botequim da Zona Norte do Rio de Janeiro — palco para discussões que homenageiam, com a descontração e traquejo da produção literária atual, um dos clássicos de Platão.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade