Da vida nas ruas ao teto dos livros

Clarice Fortunato revela episódios de racismo, machismo e revisita as batalhas de seus ancestrais, focando na persistência das mulheres negras
Da vida nas ruas ao teto dos livros
Clarice Fortunato
Pallas
120 págs.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram

A professora e pesquisadora Clarice Fortunato escolheu um tom bastante intimista para sua estreia na literatura. Ao rever sua trajetória pessoal, de empregada doméstica ao encontro com a vida acadêmica, passando por uma infância difícil na zona rural, Clarice revela episódios de racismo, machismo e acaba revisitando as batalhas de seus ancestrais, focando na persistência e dedicação das mulheres negras em meio a uma sociedade tão desigual quanto a brasileira.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade

Leia também

Carolina Vigna

São Paulo - SP

Ser e viver sozinho não é para qualquer um. E tampouco são sinônimos
Rascunho

Curitiba - PR

Com capa dura, título conta com organização e prefácio do poeta Eucanaã Ferraz, além de posfácio de Otto Lara Resende, publicado originalmente em 1967
Rascunho

Curitiba - PR

Segunda edição do concurso vai premiar projeto inédito de livro-reportagem com R$ 15 mil e contrato para publicação da obra
Rascunho

Curitiba - PR

Com atividades gratuitas, evento acontece de 7 a 13 de dezembro e vai reunir 330 autores, entre eles Mauricio de Sousa, Raphael Montes e Mário Sergio Cortella