Continua a nascer

Em seu terceiro livro de poemas, a autora mineira aborda a experiência da gestação — e outras questões que vêm a reboque
Continua a nascer
Mônica de Aquino
Relicário
76 págs.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram

Em seu terceiro livro de poemas, a autora mineira aborda a experiência da gestação — e outras questões que vêm a reboque — sem a romantização que normalmente acompanha o tema. Apoiada em uma “terna violência”, como aponta Prisca Agustoni no prefácio à obra, a voz dos versos parece tentar compreender as belezas e assombros da maternidade e explorar qual é a posição tanto da mãe quanto do filho após o ato de dar à luz um novo ser humano.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade

Leia também

Luiz Rebinski

Curitiba - PR

Alegoria sobre a condição judaica, romance é o ponto alto da obra de Moacyr Scliar, que se notabilizou pela linguagem clara e grande imaginação
Rascunho

Curitiba - PR

“Memórias do Brasil”, que vai ao ar nesta sexta-feira (30), traz depoimentos de escritores e amigos do autor amazonense
Rascunho

Curitiba - PR

Autor dos quadrinhos “The Sandman” participa do painel Thunder Arena, falando sobre sua carreira e as adaptações de suas obras para outros formatos
Rascunho

Curitiba - PR

“Ponha-se no seu lugar!”, da escritora e pesquisadora Ana Pacheco, é uma releitura do conto clássico O nariz, de Nikolai Gógol, escrito em 1836