🔓 Além da chuva

Quem disse que um livro infantil não pode ser futurístico? O ano é 2035, em uma cidade de São Paulo bem diferente da de hoje, e o jornalista João está voltando para sua cidade natal para entrevistar seu amigo de infância
Além da chuva
Michel Gorski e Fernando Vilela
FTD
48 págs.
01/08/2021

Quem disse que um livro infantil não pode ser futurístico? O ano é 2035, em uma cidade de São Paulo bem diferente da de hoje, e o jornalista João está voltando para sua cidade natal para entrevistar seu amigo de infância, o Tonico — para os menos íntimos, trata-se do doutor Antônio Dias Sobrinho. O que eles têm em comum é que, em 2010, há décadas, pensaram juntos formas de tentar lidar com as chuvas de que aterrorizavam o local.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Rascunho