Romance vencedor do Women’s Prize for Fiction 2021 será publicado no Brasil

“Piranesi”, de Susanna Clarke, que acaba de levar um dos principais prêmios do Reino Unido, terá edição da Morro Branco em outubro
Susanna Clarke, autora de “Piranesi”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
13/09/2021

Lançado no Reino Unido em setembro de 2020, o romance Piranesi, da inglesa  Susanna Clarke, será publicado no Brasil em outubro pela editora Morro Branco. O livro acaba de receber o Women’s Prize for Fiction, um dos mais prestigiados prêmios literários no Reino Unido.

O prêmio é concedido anualmente à melhor obra de ficção escrita por uma autora publicada no Reino Unido, no ano anterior à atribuição do prêmio. Autoras como Chimamanda Ngozi Adichie, Ali Smith, Lionel Shriver e Zadie Smith estão entre as vencedoras de edições anteriores.

No centro do romance, está a casa de Piranesi, uma residência incomum: seus cômodos são infinitos, os corredores intermináveis, suas paredes são cobertas por milhares de estátuas, cada uma diferente da outra.

Dentro do labirinto de corredores um oceano está emprisionado e as ondas cobrem as escadas, cômodos são alagados em um instante. Mas Piranesi não tem medo; ele entende as marés e o padrão do labirinto.

Há outra pessoa na casa, um homem chamado O Outro, que visita Piranesi duas vezes por semana e pede ajuda com sua pesquisa sobre um Conhecimento Grande e Secreto. Mas enquanto Piranesi explora a casa, aparecem evidências de outra pessoa, e uma verdade horrível começa a surgir, revelando um mundo além do qual Piranesi conhece.

O livro de estreia de autora, Jonathan Strange e Mr. Norrell, publicado há 17 anos, foi um grande sucesso de crítica e público. Com esta obra, Clarke venceu prêmios como Hugo, Nebula e Locus, os maiores direcionados à ficção especulativa. Piranesi, seu segundo livro, é um best-seller do Sunday Times e do New York Times. Além disso, já foi vencedor do The Kitschies Red Tentacle Award.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade