Romance narra migração de crianças italianas

Vendido para mais de 23 países, "Crianças da guerra" se baseia em histórias reais de pessoas que foram separadas de suas famílias no período pós-guerra
Viola Ardone, autora de “Crianças da guerra”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
11/03/2021

Editado em 23 países, o romance Crianças da guerra, da italiana Viola Ardone, chega ao Brasil. Baseado numa história real, o livro narra a migração de crianças pobres na Itália durante o pós-guerra.

A narrativa traz personagens como Amerigo, criança que não conheceu o pai, que teria ido para América fazer fortuna, como dizia a mãe. Por isso os dois precisavam se virar como podiam. Assim como outras 70 mil crianças, Amerigo foi um dos muitos ajudados por associações e comitês humanitários entre 1945 e 1952 na Itália, resgatando crianças da fome e da pobreza e as levando para viver com outras famílias em diversas regiões italianas.

O pequeno Amerigo foi levado para Bolonha, onde conheceu a família que mudaria sua vida para sempre. Ao invés de trabalhar, como fazia em Nápoles, ele frequentava a escola e tinha aulas de violino. Mas havia chegado o momento de voltar para casa, e Amerigo não queria mais aquela vida de que se lembrava. Ao voltar para sua mãe e sua vida em Nápoles, Amerigo é obrigado a abandonar a escola e seu violino, e acaba fugindo daquele destino que não lhe pertencia mais.

A autora Viola Ardone nasceu em Nápoles, em 1974. Formada em literatura, atua como professora de latim e italiano e trabalhou com publicação acadêmica. Crianças da guerra é seu terceiro livro e  já foi traduzido para mais de 25 idiomas.

Crianças da guerra
Viola Ardone
Faro Editorial
240 págs.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade