Marina Colasanti ministra aula gratuita sobre leitura e escrita

Autora fala sobre  os caminhos que percorreu ao longo da carreira e a importância da leitura para a descoberta de seu próprio estilo
A escritora Mariana Colasanti, que ministra aula gratuita no dia 4 de agosto
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
26/07/2021

No dia 4 de agosto, às 18h, Marina Colasanti ministra a aula “Ler e Escrever são fragatas para terras distantes”, que abre a programação do segundo semestre de cursos do Instituto Estação das Letras. O encontro será online e gratuito. As inscrições podem ser feitas aqui. As vagas são limitadas.

Uma das mais premiadas escritoras brasileiras, autora de quase 50 livros, Marina revela os caminhos que percorreu ao longo da carreira e a importância da leitura para a descoberta de seu próprio estilo. Para ela, a leitura e a escrita são formas de habitar e resistir à realidade cotidiana, além de ferramentas para a formação de todo escritor.

No segundo semestre, a Estação das Letras realiza vários encontros e cursos de criação literária em gêneros variados, como literatura para a infância, experimentação poética e formação em Rodas de Leitura. A programação completa pode ser acessada aqui.

Histórico
A Estação das Letras foi criada em 1996 por Suzana Vargas, escritora, professora de literatura e uma das pioneiras em oficinas literárias, ao trabalhar na OLAC no início dos anos 1980 com o professor Afrânio Coutinho.

Após o lançamento do projeto Rodas de Leitura, que lotou plateias em centros culturais cariocas entre as décadas de 1990 e 2000, Suzana teve o apoio de amigos e escritores para fundar a Estação das Letras, com programação de cursos e oficinas.

Em 2017, a Estação se transformou em Instituto Estação das Letras, uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos com o objetivo de continuar e para ampliar ainda suas ações em favor do livro e da leitura. Mais de 30 mil alunos passaram pela Casa: 600 publicaram livros e 10% colecionam prêmios.

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade