IMS publica livro sobre fotojornalista cearense Luciano Carneiro

Publicação reúne mais de 170 imagens e cerca de 35 matérias sobre eventos históricos que marcaram a década de 1950, como a Guerra da Coreia
Foto de Luciano Carneiro ao cobrir a Guerra da Coreia, nos anos 1950
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram

(15/10/20)

Na próxima quinta-feira (22), o Instituto Moreira Salles lança Luciano Carneiro — Fotojornalismo e reportagem (1942-1959), sobre a obra do fotojornalista cearense Luciano Carneiro (1926-1959). O evento acontece às 18h, em uma live no YouTube do IMS.

Será realizado um debate com Sergio Burgi, coordenador de Fotografia do IMS e organizador do livro, a historiadora Erika Zerwes e os fotógrafos Tiago Santana e Victor Moriyama. A obra é resultado de uma parceira do IMS com a Fundação Demócrito Rocha, de Fortaleza, com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará.

Em sua breve e profícua carreira como fotojornalista, Carneiro documentou eventos históricos que marcaram a década de 1950, como a Guerra da Coreia e a Revolução Cubana. Também produziu grandes reportagens sobre aspectos da realidade brasileira, de conflitos fundiários a atos estudantis.

Este livro é o primeiro a percorrer de forma abrangente a carreira e obra de Carneiro, cujo acervo está, em parte, sob a guarda do IMS. A publicação reúne mais de 170 imagens e cerca de 35 matérias. Também apresenta uma cronologia detalhada da vida do fotógrafo.

Nascido em Fortaleza em 1926, Luciano Carneiro teve uma trajetória rápida e abrangente. Aos 16 anos, iniciou sua carreira no Correio do Ceará. Em 1948, ingressou na revista O Cruzeiro, no Rio de Janeiro, onde se consagrou como fotojornalista. Além de produzir as imagens, muitas vezes assinava os textos das matérias. Ao longo de 11 anos de atividade na revista, cobriu temas brasileiros e internacionais, viajando do Japão à União Soviética, do Egito de Nasser à Iugoslávia de Tito. Em 1959, aos 33 anos, sua trajetória foi interrompida bruscamente, quando faleceu em um acidente de avião, no retorno de um trabalho em Brasília.

Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem (1942-1959)
Org.: Sergio Burgi
IMS
256 págs.


Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Leia também

Gisele Barão

Ponta Grossa - PR

A israelense Ayelet Gundar-Goshen fala sobre o processo de escrita de seus elogiados romances, que misturam boas tramas a dilemas morais
Rascunho

Curitiba - PR

Marco da literatura policial e um dos maiores romances do gênero, “O misterioso caso de Styles” apresenta pela primeira vez o detetive Hercule Poirot
Rascunho

Curitiba - PR

Professor da Universidade de Yale, historiador americano se dedica a estudar os grandes movimentos que mudaram o curso da história
Rascunho

Curitiba - PR

Nos dias 24 e 25 de outubro, série de conversas vai reunir autores como Milton Hatoum, Leonardo Boff, Holly Black e Itamar Vieira Junior, cronista do Rascunho