Clarice Lispector na lista de Elena Ferrante

A autora da “Tetralogia napolitana” divulgou uma lista com seus 40 livros favoritos de escritoras de todo o mundo
Clarice Lispector, autora de “A paixão segundo G. H.”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
23/11/2020

(23/11/20)

A italiana Elena Ferrante, pseudônimo por trás do best-seller A amiga genial, divulgou uma lista com seus 40 livros favoritos de autoras de todo o mundo. Clarice Lispector aparece ao lado de Margaret Atwood, Sally Rooney, Zadie Smith e outras autoras de várias nacionalidades.

Ferrante, cuja Tetralogia napolitana vendeu 13 milhões de cópias em todo o mundo, publicou a lista na Bookshop.org, loja online que abriga livreiros independentes. A editora britânica de Ferrante, Europa Editions, vai doar a comissão de 10% das vendas dos livros da lista para que a Bookshop.org repasse às 300 livrarias independentes que se inscreveram no site até agora.

O livro de Clarice escolhido por Ferrante foi A paixão segundo G. H., tido pela crítica como a principal obra da escritora, cujo centenário de nascimento é comemorado no próximo dia 10 de dezembro.

No romance, a protagonista-narradora despede a empregada doméstica e decide fazer uma limpeza geral no quarto de serviço, que ela supõe imundo e repleto de inutilidades. Após recuperar-se da frustração de ter encontrado um quarto limpo e arrumado, G. H. depara-se com uma barata na porta do armário. Depois do susto, ela esmaga o inseto e decide provar seu interior branco, processando-se, então, uma revelação. G. H. sai de sua rotina civilizada e lança-se para fora do humano, reconstruindo-se a partir desse episódio.

A lista de Ferrante ainda inclui Olive Kitteridge, de Elizabeth Strout, e Amada, de Toni Morrison, ambas autoras vencedoras do Prêmio Pulitzer, além de vários best-sellers escritos por italianas, como A ilha de Arturo, de Elsa Morante, Acabadora, de Michela Murgia, e Léxico familiar, de Natalia Ginzburg. Livros das consagradas Joyce Carol Oates e Alice Munro também estão na lista.

Confira a lista completa de Ferrante:

Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie
O assassino cego, de Margaret Atwood
The enlightenment of the greengage tree, de Shokoofeh Azar
Malina, de Ingeborg Bachmann
Manual da faxineira, de Lucia Berlin
Esboço, de Rachel Cusk
O ano do pensamento mágico, de Joan Didion
A devolvida, de Donatella Di Pietrantonio
Disoriental, de Négar Djavadi
O amante, de Marguerite Duras
Os anos, de Annie Ernaux
Léxico familiar, de Natalia Ginzburg
O conservador, de Nadine Gordimer
Destinos e fúrias, de Lauren Groff
Maternidade, de Sheila Heti
A pianista, de Elfriede Jelinek
Breasts and eggs, de Mieko Kawakami
Intérprete de males, de Jhumpa Lahiri
O quinto filho, de Doris Lessing
A paixão segundo G. H., Clarice Lispector
Arquivo das crianças perdidas, de Valeria Luiselli
A ilha de Arturo, de Elsa Morante
Amada, de Toni Morrison
Vida querida, de Alice Munro
O sino, de Iris Murdoch
Acabadora, de Michela Murgia
O baile, de Irene Nemirovsky
Blonde, de Joyce Carol Oates
The love object: selected stories, de Edna O’Brien
Um bom homem é difícil de encontrar, de Flannery O’Connor
Evening descends upon the hills: stories from Naples, de Anna Maria Ortese
Gilead, de Marylinne Robinson
Pessoas normais, de Sally Rooney
O Deus das pequenas coisas, de Arundhati Roy
Dentes brancos, de Zadie Smith
Olive Kitteridge, de Elizabeth Strout
A porta, de Magda Szabò
Cassandra, de Christa Wolf
Uma vida pequena, de Hanya Yanagihara
Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar

Rascunho

Rascunho foi fundado em 8 de abril de 2000. Nacionalmente reconhecido pela qualidade de seu conteúdo, é distribuído em edições mensais para todo o Brasil e exterior. Publica ensaios, resenhas, entrevistas, textos de ficção (contos, poemas, crônicas e trechos de romances), ilustrações e HQs.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Clássicos de George Orwell, lançados pela Edipro, chegam às livrarias em 1º de janeiro, com traduções assinadas por Alexandre Barbosa de Souza
Rascunho

Curitiba - PR

Publicado pela 7Letras, “O vento gira em torno de si” revela as angústias da narradora diante de muitas perdas e do desastre ecológico no Rio Doce, em 2014
Rascunho

Curitiba - PR

Fenômeno da internet, obra da ilustradora Luiza de Souza foi viabilizada por meio de financiamento coletivo pela Seguinte, selo da Companhia das Letras
Rascunho

Curitiba - PR

Cinco anos após incêndio que destruiu parte de suas instalações, instituição deve voltar a funcionar no primeiro trimestre de 2021