O que não queremos saber sobre nós mesmos

"Despertar os leões", de Ayelet Gundar-Goshen, põe em discussão profundas questões morais em meio a um suspense bem construído
A israelense Ayelet Gundar-Goshen, autora de “Despertar os leões”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Despertar os leões
Ayelet Gundar-Goshen
Trad.: Paulo Geiger
Todavia
368 págs.
Ayelet Gundar-Goshen
Nasceu em Israel, em 1982. É mestre em Psicologia Clínica pela Universidade de Tel Aviv e autora dos livros Uma noite, Markovitch (2018) e The liar (2017), ainda não publicado no Brasil. Seus roteiros ganharam prêmios em diversos festivais e foram adaptados para filmes e séries de TV.

Gisele Barão

É jornalista

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Cida Pedrosa: “Tenho surtos criativos e nestes momentos fico ligada, pronta para a presa, em estado de palavra”
Luiz Ruffato

São Paulo - SP

Ocupamos o último lugar no ranking mundial de valorização da profissão de professor, e isso antecipa o retrato do que o Brasil será no futuro
Rascunho

Curitiba - PR

A poeta pernambucana Cida Pedrosa venceu as categorias Poesia e Livro do Ano, com “Solo para vialejo”; Nélida Piñon, Carla Bessa e Itamar Vieira Junior também foram premiados
Rascunho

Curitiba - PR

O livro “Contos” traz 25 narrativas curtas do autor de “A montanha mágica”, com posfácio do crítico inglês Terence J. Reed