Doença literária

Em seu elegante romance de estreia, "Floradas na serra" Dinah Silveira de Queiroz trata da tuberculose como uma experiência de transição irretornável
Dinah Silveira de Queiroz, autora de “Floradas na serra”
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
01/09/2021
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital), R$ 12,90 (digital + impresso) e R$ 139,90 (digital + impresso anual).

Clique AQUI para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

Floradas na serra
Dinah Silveira de Queiroz
Instante
208 págs.
Dinah Silveira de Queiroz
Nasceu em São Paulo, em 1911. Estreou na literatura com Floradas na serra, de 1939, rapidamente esgotado. É considerada pioneira na ficção científica brasileira, com os livros Eles herdarão a Terra (1960) e Comba Malina (1969), e foi a segunda mulher eleita para a Academia Brasileira de Letras. Entre outras publicações da autora estão A muralha (1954), As noites do morro do encanto (1957) e Os invasores (1965). Morreu em 1982.

Jocê Rodrigues

É jornalista, escritor e editor.

Últimas edições

Publicidade

Publicidade