A linguagem e o jogo

Para coexistir pacificamente com a consciência da morte, Thomas Bernhard usou-a como base para sua obra
Ilustração: Thomas Bernhard por Robson Vilalba
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Exclusivo para assinantes

Escolha um plano de assinatura e aproveite todo nosso conteúdo.
R$ 7,90 (digital) e R$ 12,90 (digital + impresso).

Clique aqui para assinar

JÁ É ASSINANTE?

Entrar

O artista do exagero: A literatura de Thomas Bernhard
Matthias Konzett
Trad.: Ruth Bohunovsky
Editora UFPR
355 págs.
Thomas Bernhard e seus seres vitais
Martin Huber, Manfred Mittermayer e Peter Karlhuber
Trad.: Ruth Bohunovsky e Daniel Martineschen
Editora UFPR
209 págs.
Thomas Bernhard
Nasceu em Heerlen, na Holanda, em 1931. Importante nome da literatura do século 20, foi um multipremiado poeta, contista, romancista e dramaturgo. Entre seus títulos renomados estão Extinção, Perturbação, O sobrinho de Wittgenstein e O náufrago. Faleceu em Gmunden, na Áustria, em 1989.

Maria Aparecida Barbosa

Professora de Literatura e tradutora do alemão.

Publicidade

Leia também

Rascunho

Curitiba - PR

Com capa dura, título conta com organização e prefácio do poeta Eucanaã Ferraz, além de posfácio de Otto Lara Resende, publicado originalmente em 1967
Rascunho

Curitiba - PR

Segunda edição do concurso vai premiar projeto inédito de livro-reportagem com R$ 15 mil e contrato para publicação da obra
Rascunho

Curitiba - PR

Com atividades gratuitas, evento acontece de 7 a 13 de dezembro e vai reunir 330 autores, entre eles Mauricio de Sousa, Raphael Montes e Mário Sergio Cortella
Rascunho

Curitiba - PR

Canal da Universidade Princeton no YouTube transmite apresentação de Beatriz Azevedo, Moreno Veloso e Maria Bethânia hoje (25), às 19h