ensaios e resenhas

Clayton de Souza

São Paulo - SP

Marguerite Yourcenar aborda de maneira minuciosa a obra do japonês Yukio Mishima
Reginaldo Pujol Filho

Porto Alegre - RS

Ler Manoel Carlos Karam é invadir um mundo conhecido, mas jamais pisado pela humanidade
Gisele Eberspächer

Curitiba - PR

Com nove contos, o livro narra a vida de dominicanos, em sua maioria imigrantes nos EUA, com características e sentimentos comuns entre eles.
Luiz Horácio

Viamão - RS

“A anatomia da influência”, 456 páginas plenas de repetição e didatismos que conduzem o leitor a um exercício de extrema paciência
Maurício Melo Junior

Brasília - DF

“1983”, de David Peace, aproxima-se de um filme de ação, com capítulos curtos, cenas breves e muito diálogo
Rodrigo Casarin

São Paulo - SP

“Holocausto Brasileiro”, de Daniela Arbex, vasculha a trágica história do maior manicômio brasileiro
Luiz Paulo Faccioli

Porto Alegre - RS

Romance de Carlos de Brito e Mello investiga o mundo contemporâneo em toda sua assustadora complexidade
Arthur Tertuliano

Curitiba - PR

Histórias de amor estão no centro de “Garimpo”, nova coletânea de contos de Beatriz Bracher
Flavio Ricardo Vassoler

São Paulo - SP

"O zero e o infinito", de Arthur Koestler, é um mergulho no totalitarismo e na perversão humana
Chico Lopes

Brotas - Brotas

“A fugitiva” acrescenta reviravoltas constantes e folhetinescas à obra-prima de Proust