Prateleira

maio 2020 / Estreitas amplidões

#Exclusivo no Site

Estreitas amplidões

Rejane Gonçalves Confraria do Vento 351 págs. Os 43 contos de Estreias amplidões se evidenciam por um trabalho minucioso de […]

Rejane Gonçalves
Confraria do Vento
351 págs.

Os 43 contos de Estreias amplidões se evidenciam por um trabalho minucioso de linguagem e parecem concordar com as premissas do argentino Julio Cortázar sobre o gênero, que comparava a narrativa breve à fotografia — um recorte previamente limitado, subordinado à estética do olhar de quem a produz. Nas histórias de Rejane Gonçalves, o essencial mora nos pequenos detalhes e nas alegorias — como em Gesto obsceno, em que uma possível escritora tenta mudar a natureza do Quasímodo, com quem convive, e acaba recebendo um dedo médio como resposta.

Print Friendly