Prateleira

novembro 2013 / A ruptura

#Exclusivo no Site

A ruptura

A violência intrínseca aos rompimentos é a matéria-prima destes versos, em que todas as camadas de vida estão em iminente […]

A violência intrínseca aos rompimentos é a matéria-prima destes versos, em que todas as camadas de vida estão em iminente desmembramento: “E vem a hora, e vem o tempo, a tentação/ e vem a barba, e vai cabelo/ e nasce o orgulho e morre o medo/ encontro o sol e durmo frio/ no caos do inverno”, escreve Gamaliel no poema que dá título ao livro.

Print Friendly