Anotações sobre romances (8)

Por RINALDO DE FERNANDES

O grande Gatsby (1925), de F. Scott Fitzgerald, não é só um romance da posse (ou da pose) e da tragédia, mas […]

mi_3377461030807862

No limite da corda

Por RASCUNHO

Humberto Werneck nasceu em Belo Horizonte (MG), em 1945. Cresceu numa casa cheia de livros. Não que seus pais fossem […]

1998-031263-_19980715

Livro do desassossego

Por RASCUNHO

Vladir Lemos recomenda o poeta e escritor português Fernando Pessoa

Os dez livros mais marcantes

Por FERNANDO MONTEIRO

Andou circulando nas redes sociais a proposição de uma lista dos dez livros que mais marcaram ou foram “influentes” — […]

CEZAR_TRIDAPALLI_Beijo_Schiller_ilustra_Theo_168 cópia

O beijo de Schiller

Por CEZAR TRIDAPALLI

Pensar o tempo todo sobre os próprios pensamentos torna a vida do homem um inferno. Quando ainda queria transformar Luka […]

Os tambores silenciosos

Por ALBERTO MUSSA

Sempre tive certa implicância com os chamados romances políticos. Evidentemente, há muitos bons livros que podem se encaixar nesse perfil […]

Allex_Leilla_2_168

A metáfora da chuva

Por MAURÍCIO MELO JÚNIOR

A linguagem é a mais forte marca da prosa de Állex Leilla, com uma precisão milimétrica no uso de cada expressão

Quiproquó com Antônio Houaiss

Por AFFONSO ROMANO DE SANT'ANNA

08.02.1993 Há uma semana aconteceu uma patética cena no Ministério da Cultura, em Brasília. Eu havia telefonado para o Heitor […]

Inventor de si mesmo

Por MARCOS PASCHE

Zemaria Pinto defende que Augusto dos Anjos foi expressionista muito antes que os poetas alemães

Wellington_Melo_1_Thaynaá_Ferrer_167

Goleada histórica

Por RODRIGO CASARIN

“Estrangeiro no labirinto”, de Wellington de Melo, é um livro múltiplo com diversas histórias e muitos narradores

Justapostos pelo vento

Por CLAYTON DE SOUZA

Em “A resposta e o vento”, Ricardo Thomé tece a confluência de destinos humanos

Gustavo_Piqueira_167

O desconforto da família

Por GISELE EBERSPÄCHER

“Seu azul”, de Gustavo Piqueira, narra a história de um casal que não se sente mais confortável com a relação após dez anos