RAIMUNDO CARRERO

Brasil, Salvador, BA. Um dos mais famosos escritores brasileiros, Jorge Amado. Pasta: 3888 - Crédito:MASSAO GOTO FILHO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:14025

Por uma estética popular brasileira

Por RAIMUNDO CARRERO

Como Jorge Amado fundou as bases de uma literatura livre dos conceitos clássicos, elitistas e conservadores

Ilustração: Carolina Vigna

Necessidade de Jorge

Por RAIMUNDO CARRERO

A força da literatura de Jorge Amado contra o racismo

Reprodução

O escritor brasileiro

Por RAIMUNDO CARRERO

Amparado por genuína preocupação social e forte carga erótica, Jorge Amado criou uma literatura enraizada na cultura brasileira

Reprodução

À luta, Jorge

Por RAIMUNDO CARRERO

O autor Capitães de areia fez da literatura uma arma contra o preconceito e as injustiças sociais em um país desigual

24921012

Jubiabá neles

Por RAIMUNDO CARRERO

Jorge Amado fez de sua obra um libelo contra a injustiça social, destacadamente contra o racismo

_DSC016720180604064709

Surge o neorregionalismo

Por RAIMUNDO CARRERO

A interpretação neorregionalista não se restringe apenas aos debates sobre questões de gênero, mas também aos enredos

Lima Barreto

Linguagem narrativa na luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Lima Barreto estava sempre no front, lutando por mudanças gramaticais decisivas

lima-barreto

A linguagem do narrador na luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Lima Barreto deu início a uma desejada criação de uma linguagem brasileira para a ficção nacional

Lima Barreto

Os políticos na luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Lima Barreto recorre, na maioria das vezes, ao risível, com a contundência de um retrato vivo

Lima Barreto

A luta verbal (3)

Por RAIMUNDO CARRERO

Lima Barreto realiza um combate vigoroso à literatura como ridículo sorriso da sociedade

Lima Barreto

A luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Lima Barreto e a batalha contra o preconceito

Ilustração: Thiago Lucas

A luta verbal

Por RAIMUNDO CARRERO

Revolta, racismo, ironia e melancolia na obra de Lima Barreto